Telefone: (11) 5081-7850

Fisiologia

O que o Ultrasom Doppler pode nos auxiliar na avaliação das tendinopatias ?

O ultrasom doppler potencializou a imagem tradicional com a possibilibilidade de se obter a estimativa de fluxo sanguíneo intratendíneo e peritendíneo.

us_doppler

Tal informação correlaciona-se com o surgimento da neovascularização, um conseqüente aumento do fluxo sanguíneo do tendão predominantemente presente nos tendões doentes e sintomáticos.

O aumento do fluxo sanguíneo intratendíneo identificado ao ultrasom doppler não necessariamente se relaciona a dor ou outros sintomas, mas possivelmente representa risco adicional à tendinopatia.

A mudança do padrão vascular do tendão, com aumento do fluxo vascular possivelmente é acompanhada de mudança no padrão de inervação, uma das teorias para explicar o mecanismo de dor nas tendinopatias crônicas.

Qual a origem da dor nas tendinopatias crônicas ?

A origem exata da dor nas tendinopatias patelares permanece desconhecida.

De acordo com os novos estudos a respeito da fisiopatologia das tendinoses devemos considerar mudanças na visão tradicional da origem da dor.

A literatura revela muitas evidências que apontam para a tendinopatia crônica como uma condição não inflamatória. Algumas hipóteses baseadas em estudos de neurofisiologia observam concentração aumentada de neurotransmissores que baseiam estes novos conceitos. Em contraste, não foram observadas elevações nos níveis de prostaglandinas inflamatórias.

Algumas modificações nos padrões de vascularização e inervação dos tendões doentes apontam para uma nova teoria sobre a origem da dor como de causa neurogênica e não de causa inflamatória. Estudos futuros deverão ser realizados para melhor elucidar os achados destes fatores bioquímicos e de suas relações com a dor nas tendinopatias crônicas.

Busca

eventos

VÍDEO MAIS VISTO

 

Assine nossa Newsletter

Temos 5 visitantes e Nenhum membro online

atividade
exercicio

Artigos Científicos


 

Localização

Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 2850
Jardim America, São Paulo,
CEP:01442-002
Telefone: (11) 5081-7850