Telefone: (11) 5081-7850

Tornozelo

Como os exercícios excêntricos podem ser utilizados no tratamento das tendinopatias ?

Os mecanismos exatos pelos quais os exercícios excêntricos contribuem para a melhora da dor e da função nas tendinopatias crônicas permanecem parcialmente compreendidos.

A teoria da Mecanotransdução aponta para uma relação entre o exercício excêntrico e a ativação de genes dos tenócitos, transformando movimento em sinal bioquímico e culminado com reparo tendíneo, através da produção de colágeno.

Estudos revelam aumento da atividade metabólica e aumento da formação de colágeno tipo I em reposta ao exercício agudo. Os exercícios excêntricos possivelmente modificam a história natural da doença degenerativa do tendão. Alguns programas de treinamento excêntrico foram descritos no tratamento das tendinopatias patelar e do calcâneo.

Alguns princípios são incorporados ao tratamento das tendinopatias, como: melhora da função musculotendínea pela incorporação de exercícios excêntricos e pliométricos, aumento da capacidade de absorção de choque do membro inferior através do fortalecimento da cadeia cinética fechada, treinamento dos padrões motores, manutenção da atividade física e alongamento dos isquiotibiais e da musculatura da perna.

Os exercícios excêntricos para tratamento das tendinopatias patelares devem ser realizados seguindo algumas orientações:

excentrico

  • Exercícios diários
  • Período mínimo de 12 semanas
  • 3 séries de 10 a 15 repetições
  • Utilização de pranchas inclinadas
  • A dor durante o exercício deve ser tolerável, porém o aumento da dor no dia seguinte não deve ser permitido
  • Aumento progressivo no número de repetições, séries, carga e velocidade dos exercícios com a melhora dos sintomas.

Busca

eventos

VÍDEO MAIS VISTO

 

Assine nossa Newsletter

Temos 34 visitantes e Nenhum membro online

atividade
exercicio

Artigos Científicos


 

Localização

Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 2850
Jardim America, São Paulo,
CEP:01442-002
Telefone: (11) 5081-7850